11 de dez de 2008

"Hoje eu acordei com uma vontade danada..."

Uma vontade de pular nos teus braços, te morder, abraçar, me jogar, te beijar...
De me levar, de você me levar.
Uma vontade imensa de acordar ao teu lado, brigar, fazer as pazes, tomar um café.
De fazer, acontecer, jurar, desmentir.
Uma vontade de estranhar, olhar nos olhos, me abrir, cair, subir, descer.
De te pegar, acalmar, lembrar e salvar.
Uma vontade de me entregar, escolher, sentir.
De adorar, acolher, viver de novo, sonhar contigo.

Verbo por verbo...

Nenhum comentário: