1 de set de 2009

"Até mais tarde. Bem mais tarde."

"Gata pintada, quem foi que te pintou? Foi a velha cachimbeira que aqui pas-sou..."

Ela passou a manhã dormindo.
Eu fiquei aqui, no computador, como sempre. Tentei resenhar, tentei resumir e tentei pesquisar. Só consegui pesquisar.
Ela tá aproveitando pra descansar. É bom! Descansa, tá? Eu gosto de você descansada e tranquila pra enfrentar tudo o que te vier a ser barreira.
Vai, trabalha. Eu sei que és capaz de educar e vencer tudo o que arruinaram.
Somos poderosas. Juntas ou não.
Você some num vazio, às vezes. Mas eu te prefiro presente, descansada e amorosa.
Eu morro de saudade de uns tempos, sabe? Na verdade, eu acho que eu tenho saudade de um tempo que ainda nem terminou. Saudades antecipadas.
Você não tá sozinha. Eu me sinto assim também, mas saiba que tens a mim. Não é à toa que temos o mesmo número de sapato, curtimos a Pimentinha e gostamos de café (mesmo na atual raridade, estamos juntas nessa também).

Vai, trabalha bonito. Eu vou, mas volto mais tarde. "Bem mais tarde", como você diz.

Nenhum comentário: