21 de ago de 2008

Aos que possuem

08/07/2008

No lápis, no ato
É com ele que eu vou
Escrevendo sem sair do...
Ato que gosto um tanto
De um tato, me agrado
Até aquele passo que vejo e
percebo
Lá no canto, adoro;
Adoro o passo no ato do tato
Uma loucura passada
Do passado estranho alegre
Partindo do ato do comentário "infanto-infeliz"
Seguindo ao fundo
Um fundo bem fundamentado
Para aqueles que têm tato.

Um comentário:

guta disse...

ADOREI ESSE!!!!