21 de ago de 2008

E o salário, ó...

07/07/2008

Estava eu, sábado à tarde, vendo o Caldeirão do Huck, quando começa o quadro Cantando o Sete. Luciano Huck informa que a cantora seria uma jornalista nascida em Santa Bárbara (MG), mas vivendo em Belo Horizonte (MG). Ela tem 27 anos e seu nome é Paula (Paulinha, como foi apresentada).
Huck, durante o quadro, pergunta-lhe quanto ganha, mensalmente, como jornalista (assessora de imprensa, mais precisamente) lá em BH. E, pasmem ou não: 800 à 1000 reais suados!

Eu? Comecei a rir de nervosa...
Um salário totalmente medíocre, perante a dedicação e o esforço!
Já soletrei mais de mil vezes O-I-T-O-C-E-N-T-O-S R-E-A-I-S!
Vez ou outra, minha mente descansa desse pensamento infeliz.

2 comentários:

Helena Ferraz disse...

e..olha só a região q ela ta^^ imagina aqui =(

Mayara disse...

É, realmente fiquei surpresa, até porque acessoria é a área que mais dá dinheiro; além de ser a mais concorrida. O piso, Ali, realmente é bem baixo, mesmo. Geralmente, os repórteres que trabalham na redação de jornais impressos ganham de MIL pra cima. Ah, e também não comece a vangloriar a profissão-jornalista, descobrirás muitos podres. E talvez isso seja a peneira necessária para o mercado. Ou você aceita, ou você morre e nasce em outra época.