21 de ago de 2008

Coragem

05/07/2008



Acho que coragem é um dom. Uma dádiva que poucos possuem, de fato. Eu, por exemplo, não possuo. A insegurança bate na minha porta em vários momentos. Talvez, pelo meu poder de persuasão, alguns pensem que sou forte. Mas não... Acho que, por mais que tentemos nos mostrar decididos, há sempre aquele momento de entrega. Como um carro (não automático), em que, num determinado instante, precisa ser trocado de marcha. É difícil ter convicção de tudo nas horas certas. Falta coragem. Tal ela, que está totalmente conectada à perseverança. Insistir! E, quanto mais crescemos, mais nos são necessárias. Decisões e mais decisões surgem. E, por comodismo, porventura, a preferência é - algumas vezes - deixar como estar.
É muito fácil fazer algo simples, que não te exige tanta burocracia. Mas te custa tomar uma decisão importante, que pode vir acoplado à uma faca de dois gumes.

Um comentário:

Helena Ferraz disse...

adoro esse comercial^^ e coragem,hummm hoje tive tanta coragem(o q naum é o normal), que to até tranquila... abraço