21 de ago de 2008

Para toda "regra", há uma exceção!

27/06/2008

Hoje eu fiz um pedido (delivery) à uma determinada lanchonete de fast-food.
Troco? Sim. Ok, tudo certo! Seu pedido está a caminho. Ok, obrigada!
Demorou um pouco, mas nada que me levasse à fúria: Estava chovendo e tá difícil entrar aqui no condomínio, já que só tem uma entrada para visitantes.
Até que... Chegou! Levamos (eu e a minha irmã) à mesa, abrimos e... Calma, tem algo a mais aqui. É, tem um kibe. Ã? Tu pediu kibe? Não, lógico que não! Erraram! Poxa, liga pra lá, o motoqueiro pode levar a culpa.
Liguei. Era uma central de atendimento nacional. Me atende uma mulher. Tinha um sotaque paulista:
- Boa noite, senhora. O que deseja?
- Boa noite! É que eu fiz um pedido e veio a mais. Fiquei preocupada, porque seria o pedido de outra pessoa. Além disso, o motoqueiro pode se prejudicar.
- Certo, senhora. E o que foi a mais?
- Um kibe.
- Ã? (quase rindo)
- UM KI-BE!
- Foi um kibe de brinde?
- Não, veio a mais, até porque tinha o número de outro pedido colado à caixinha.
- Senhora, ninguém da sua família gosta de kibe? (Risos)
- Ér... acho que gosta!
- (Risos) Bom, senhora. Ninguém vai voltar pra pegar um kibe, nem vão lhe cobrar por isso, porque foi um erro do motoqueiro e não seu. Nem se preocupe! Pode comer o... (Risos) kibe!
- AH! (Risos) Fiquei preocupada só com o motoqueiro, sei lá.
- Ok, senhora. Obrigada pela honestidade, de qualquer maneira. Boa noi-(Aquela tremidinha como se tivesse rindo)te!

Pois é, acho que não é muito normal que coisas do gênero aconteçam. Geralmente, as pessoas adoram quando recebem algo além do pedido - falo isso, porque já vivi algo parecido! Suponho que seja esse o motivo de tantas risadas da atendente. Muita gente ainda tem a capacidade (pré-histórica) de acreditar que ser desonesto é normal.
E não é (exclusivamente) uma fama brasileira, e sim mundial. Ou melhor: "ser humanal"!

2 comentários:

Juliana Alves disse...

Eu preocupada com o motoqueiro e a atendente rindo e peguantando se ninguém aqui gostava de kibe! jasijsaiasjiasj foi engraçado.

Helena Ferraz disse...

Querida recebi o e-mail e adorei^^ na verdade acho que não tinha lido ele ainda(ou já tinha lido e não tinha percebido o quanto ele era legal);porque só agora eu estava pronta pra ler ele... me veio em boa hora. Quanto a honestidade,temos a obrigação com a vozinha silêncioza que grita dentro de nós:a consciencia. e só nos resta mesmo fazer a nossa parte. abraço helena Ferraz